Public Release: 

Estudo da Mayo identifica possível tratamento para mulheres com câncer de mama triplo-negativo

Mayo Clinic

ROCHESTER, Minnesota -- Pesquisadores da Mayo Clinic identificaram o medicamento estradiol como um novo possível tratamento para um subconjunto de mulheres com câncer de mama triplo-negativo. As descobertas foram publicadas na revista Proceedings of the National Academies of Sciences.

"O câncer de mama triplo-negativo é uma forma de câncer de mama que se caracteriza pela ausência de receptor de estrogênio alfa, receptor de progesterona e receptor 2 do fator de crescimento epidérmico humano, também conhecido como HER2, e apresenta altos índices de recidiva da doença", afirma o autor sênior John Hawse, Ph.D. "Até agora, poucos medicamentos além da quimioterapia parecem ter ação eficaz no tratamento dessa doença."

Em pesquisa anterior, o Dr. Hawse e seus colegas descobriram que uma segunda forma do receptor de estrogênio, conhecido como receptor de estrogênio beta, é apresentada em aproximadamente 25 por cento dos tumores de câncer de mama triplo-negativo. Nesse estudo, o laboratório do Dr. Hawse mostrou que o estradiol, um hormônio feminino produzido naturalmente, inibe com eficácia o crescimento de tumores de câncer de mama triplo-negativo que apresentam receptor de estrogênio beta.

"Surpreendentemente, descobrimos que o estradiol, que em geral estimula o crescimento das células cancerígenas em tumores que apresentam receptor de estrogênio alfa, tem o efeito oposto no câncer de mama triplo-negativo", declara o Dr. Hawse. "No entanto, o estradiol só conseguiu inibir o crescimento do câncer de mama triplo-negativo quando o receptor de estrogênio beta estava presente."

O Dr. Hawse e seus colegas descobriram um possível mecanismo de como o estradiol manifesta sua ação anticancerígena. Eles determinaram que quando o estradiol se liga ao receptor de estrogênio beta no câncer de mama triplo-negativo, estimula a expressão de um grupo de proteínas chamadas cistatinas, que apresentam efeitos de supressão do tumor em células cancerígenas vizinhas e afastadas.

Com base nesses dados, os pesquisadores da Mayo Clinic e do Translational Breast Cancer Research Consortium iniciarão em breve um ensaio clínico de fase II para testar a eficácia do estradiol como tratamento para mulheres com câncer de mama triplo-negativo metastático que apresenta receptor de estrogênio beta.

"O estradiol é aprovado pela FDA como tratamento para mulheres com câncer de mama. No entanto, seu uso é geralmente limitado a mulheres com câncer de mama com expressão do receptor de estrogênio alfa, que tem se mostrado resistente às terapias padrão", afirma Matthew Goetz, M.D., oncologista e coinvestigador com o Dr. Hawse. "Estamos ansiosos para estudar se o estradiol pode ter seu uso redirecionado para um novo tratamento do câncer de mama triplo-negativo que apresenta receptor de estrogênio beta."

###

O estudo foi financiado por um subsídio de câncer de mama do programa especializado de excelência em pesquisa (SPORE) do Instituto Nacional do Câncer para a Mayo Clinic (P50 CA116201) e a Eisenberg Foundation.

Sobre o Mayo Clinic Cancer Center

Instituição líder fundada pelo Instituto Nacional do Câncer, o Mayo Clinic Cancer Center realiza pesquisas básicas, clínicas e demográficas, transformando descobertas em métodos mais eficazes de prevenção, diagnóstico, prognóstico e terapia. Para obter informações sobre ensaios clínicos de câncer, entre em contato com o Clinical Trials Referral Office (Escritório de Referência em Ensaios Clínicos) pelo número 1-855-776-0015 (ligação gratuita).

Sobre a Mayo Clinic

A Mayo Clinic é uma organização sem fins lucrativos comprometida com a prática clínica, a formação e a pesquisa, que presta cuidados especializados e abrangentes a todos que buscam a cura. Saiba mais sobre a Mayo Clinic. Visite a página da Mayo Clinic News Network.

Contato de imprensa:

Sharon Theimer, Relações públicas da Mayo Clinic, 507-284-5005, newsbureau@mayo.edu

Disclaimer: AAAS and EurekAlert! are not responsible for the accuracy of news releases posted to EurekAlert! by contributing institutions or for the use of any information through the EurekAlert system.