News Release 

Medicamento experimental para baixar o colesterol eficaz na redução do colesterol ruim, mostra estudo

Mayo Clinic

PHILADELPHIA, Pennsylvania - As injeções bianuais de um medicamento experimental para baixar o colesterol, o inclisiran, foram eficazes na redução do colesterol da lipoproteína de baixa densidade (LDL), frequentemente chamado de colesterol ruim, em pacientes que já tomam a dose máxima de estatina, segundo dados do estudo ORION-10 apresentado no sábado, 16 de novembro, nas Sessões Científicas da American Heart Association de 2019.

Altos níveis de colesterol LDL - que se acumulam nas paredes das artérias, tornando-as duras e estreitas, e levando a bloqueios - causam maior risco de ataques cardíacos e derrames.

"Manter baixos níveis de LDL durante um período prolongado é essencial para reduzir o risco de ataques cardíacos e derrames", diz R. Scott Wright, M.D., cardiologista da Mayo Clinic e investigador principal do estudo ORION-10.

O ORION-10, um estudo de fase 3, randomizado, duplo-cego, controlado por placebo, em 145 locais dos EUA, admitiu 1.561 participantes com doença cardiovascular aterosclerótica estabelecida (doença em que se acumula placa nas artérias) e LDL elevado (superior a 70 miligramas por decilitros), apesar das terapias com estatinas orais máximas toleradas. Os participantes receberam inclisiran ou placebo por meio de injeções subcutâneas inicialmente e, depois, aos três meses e a cada seis meses a partir de então.

O inclisiran, desenvolvido pela The Medicines Company, é um medicamento siRNA (baseado em RNA de interferência) e o único medicamento para baixar o colesterol de sua classe. O medicamento imita uma variante genética e impede a produção da proteína PCSK9, que por sua vez reduz o LDL.

Os resultados mostraram que a dosagem de inclisiran inicialmente, e depois novamente a cada três meses e a cada seis meses, resultou em reduções de LDL ajustadas por placebo de 58% no dia 510 e demonstraram reduções médias de tempo de LDL ajustadas por placebo de 56% dos dias 90 a 540.

"Os dados mostram que o inclisiran, administrado duas vezes por ano, alcançou reduções fortes e duradouras de LDL com um excelente perfil de segurança e sem efeitos colaterais no fígado ou nos rins relacionados ao tratamento", afirma o Dr. Wright. "A administração duas vezes ao ano por um profissional de saúde coincide com as visitas típicas dos pacientes, o que pode ajudar na adesão ao medicamento".

O Dr. Wright recebeu honorários de consultoria da The Medicines Company no ano passado.

###

Sobre a Mayo Clinic

A Mayo Clinic é uma organização sem fins lucrativos comprometida com a inovação na prática clínica, educação e pesquisa e fornecendo compaixão, conhecimento e respostas a todos que precisam de cura. Visite a Rede de Notícias da Mayo Clinic, para ver outras notícias da Mayo Clinic, e Por Dentro da Mayo Clinic, para mais informações sobre a Mayo.

Contato de mídia:

Sharon Theimer, Assuntos Públicos da Mayo Clinic, 507-284-5005, newsbureau@mayo.edu

Disclaimer: AAAS and EurekAlert! are not responsible for the accuracy of news releases posted to EurekAlert! by contributing institutions or for the use of any information through the EurekAlert system.